Intermitências da vida

— Louco. Não desças por aí. Ainda te matas.

— Deixa-me estar. Gosto de morrer de vez em quando.

— Sim? E costumas morrer muitas vezes, é?

— De vez em quando.

— E o que é que fazes enquanto estás morto?

— Vivo em paz.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s